Páginas

Resenha #36: Perdida

"Não se tem certeza de nada quando se está apaixonada"

Autor(a): Carina Rissi 
Editora: Verus
Páginas: 364
Publicação: 2013

 Sofia vive em uma metrópole e está acostumada com a modernidade e as facilidades que ela traz. Ela é independente e tem pavor à mera menção da palavra casamento. Os únicos romances em sua vida são aqueles que os livros proporcionam. Após comprar um celular novo, algo misterioso acontece e Sofia descobre que está perdida no século dezenove, sem ter ideia de como voltar para casa ou se isso sequer é possível. Enquanto tenta desesperadamente encontrar um meio de retornar ao tempo presente, ela é acolhida pela família Clarke. Com a ajuda do prestativo e lindo Ian Clarke, Sofia embarca numa busca frenética e acaba encontrando pistas que talvez possam ajudá-la a resolver esse mistério e voltar para sua tão amada vida moderna. O que ela não sabia era que seu coração tinha outros planos... 


Sofia é uma mulher determinada, não vive sem seu celular, um dia quando vai á um bar com a sua melhor amiga,Nina, acaba bebendo e o celular acaba caindo dentro do vaso sanitário, ela fica desesperada e espera o dia seguinte para ir comprar outro. 
Assim que Sofia compra o celular percebe que ele não funciona direito, ele não liga, não tem aplicativos, quando Sofia volta a loja para devolver o aparelho a vendedora, o celular liga e algo estranho acontece, ela vai parar no século XIX e acaba caída embaixo de uma árvore. Sofia estava somente com suas roupas normais e ela reparou que no lugar onde estava, havia muitas carruagens, vestidos bufantes. 
Ian Clarke a encontra e relutante a ajuda, ele no começo achou que ela estava louca, Sofia não entendia onde estava e o que tinha feito ela parar naquele lugar estranho, Ian a leva para a casa dele e quando Sofia descobre que está a dois séculos distantes de casa, ela enlouquece. 
Sofia recebe uma ligação no celular onde a suposta vendedora liga para ela e a diz que ela está onde realmente deveria estar e que está muito feliz que ela começou a sua jornada e que ela deveria saber quem ela realmente é, Sofia não entende isso, mas tem que aceitar e começar a sua "jornada". 
Ela não se acostuma, mas se contenta, ter que viver em um lugar diferente é ruim, imagina ter que viver em outro século, onde não existe energia elétrica, celular, banheiro, mas existe amor, você trocaria tudo isso para viver ao lado do amor da sua vida? 
No final de sua jornada Sofia descobre o que é o amor que Nina tanto dizia a ela, mas ela sabe que uma hora terá que voltar para o século XXI e ela não quer deixar o amor que ela demorou tanto a conquistar para trás, essa será a maior decisão de sua vida, deixar o seu amor ou ficar com toda tecnologia? 



Relacionamentos



 O maior erro que cometemos quando entramos em um relacionamento é achar que nosso parceiro tem a obrigação de nos fazer feliz, pegamos a nossa felicidade e jogamos no colo da outra pessoa para quê ela saiba o que fazer, na verdade nem nós sabemos como ser felizes e arranjamos um jeito para quê outra pessoa tenha essa obrigação. 
Quando uma pessoa termina um relacionamento, todos os que estão em sua volta rompem também essa relação, todos se afastam, esse é outro erro que cometemos, não sabemos lidar com o fim, não sabemos seguir em frente e deixar o outro seguir também, tudo isso acontece porque achamos que sabemos algo, na verdade não sabemos. 
Podemos ter felicidade só com a nossa companhia, temos que nos contentar somente com ela, a nossa própria companhia tem que nos satisfazer, mas não a gente tem que procurar outra pessoa para nos sentirmos completos. Esse é o problema somos completos já e não vemos isso. 
Aprendi que não tenho que depender de ninguém para ser feliz, a minha felicidade é o bem mais precioso que eu tenho e não vou entregar ela a qualquer um e assim deve ser com você antes de se entregar temos que perceber se vale à pena, porque alguns relacionamentos começam a ser abusivos e tem que ficar atento quando os sinais começarem se isso acontece com você, por favor, dê um pare nisso. 
Você é melhor sozinho, mas se escolheu alguém para estar ao seu lado que seja alguém que entenda todos os seus defeitos e que te ajude a melhorar todos os dias, relacionamentos tem que vir para ajudar porque se for para atrapalhar nem precisa já que tem tantas coisas que já nos atrapalham. 

Todos têm que aprender a lidar com o fim, porque um dia eles chegam e se não estivermos preparados eles acontecerão mesmo assim e serão piores de lidar quando chegar temos que aprender a ser as nossas próprias fortalezas mesmo quando o fim chegar e nos quiser abater. Levante se e permaneça firme.


Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...