Páginas

Mais ou Menos


   Uma coisa que vejo muito por aí, os amores mais ou menos, pessoas que se contentam com o mais ou menos, com amores que lhe oferecem pela metade. Ás vezes ás pessoas querem nos dar amores pela metade, esse tipo de amor mais ou menos não satisfaz ninguém, não preenchem em nada nosso coração. 
Não sou metade de nada, nem metade de laranja, nem tampa da panela de ninguém. Sou inteira demais para servir de metade a alguma coisa, não serão esses amores mais ou menos que conseguirão conquistar um coração que é inteiro, não serão eles que encontramos em qualquer esquina capazes de  me conquistar.
Esse amor nem deveria ser distribuído por aí, porque causa dependência e ás pessoas acaba se contentando somente com ele, pessoas que dependem do mais ou menos, tem um relacionamento mais ou menos e conseqüentemente, acaba tendo uma vida mais ou menos, porque não tem capacidade o suficiente de reconhecer o mais e deixar o menos. 
Procuramos amor em pessoas erradas que distribuem esses amores que não nos preenchem, essas mesmas pessoas que distribuem esse tipo de amor é o que ela dá a si mesma, ela se ama pela metade porque espera alguém que ame a sua outra metade, temos que nos amar por inteiro para quê outra pessoa chegue e faça esse amor transbordar. 
O que faz ás pessoas se contentarem com esse tipo de amor, o medo de ficar só? ou o medo de não encontrar pessoa melhor para ela? O medo pode nos atrapalhar de fazer muitas coisas, principalmente de nos fazer amar mais e esquecer o menos. 
Se esquecermos esse mais ou menos e nos focar em mais tenho certeza que algumas pessoas deixariam as expectativas e começariam a colocar em prática em assumir uma relação e não apenas em querer a pessoa quando bem entender, esses são os amores mais ou menos, aqueles onde as pessoas esquecem os sentimentos das outras e deixa que a atração tome conta. Esse tipo de amor não me satisfaz, não gosto de coisas passageiras, prefiro ás sólidas.





Barreiras


Você já sentiu que era inabalável? Que nada poderia te afetar então vem uma pessoa e quebra todas ás suas barreiras, que é capaz de enfrentar todos os seus defeitos e de amar todos eles e mesmo você sendo assim todo errado a pessoa consegue enxergar o melhor em nós. 
Têm pessoas que quebram facilmente todas as nossas barreiras, são essas pessoas que devemos deixar ao nosso lado, são essas que nos dizem o quão capaz somos de amar, ou até mesmo de receber amor, é essa pessoa que nos mostra que podemos deixar algumas pessoas ultrapassar as barreiras que colocamos envolta do nosso coração. 
Colocamos barreiras porque já sofremos demais e algumas pessoas não deram valor em nenhum dos nossos sentimentos, por essa razão algumas pessoas não conseguem amar, por isso, precisam ser amadas antes para conseguir acreditar no amor novamente. Se você não é capaz de amar, seja capaz de ser amado. 
As barreiras têm a fragilidade certa para as pessoas certas, deixamos passar aquelas pessoas que queremos e quando vemos que seremos magoados ás levantamos tão alto que nada pode a fazer quebrar, temos que nos proteger de tudo aquilo que vêm para nos fazer mal. 
Sabemos o que é nosso ponto fraco e quando aparece uma pessoa que pega bem nele parece que nenhuma outra será capaz de fazer o mesmo, mas tem pessoas que são capazes de fazer muito mais basta nós deixarmos que elas entrem e nos mostre a diferença.
Mendigamos muito o amor e ás vezes não precisamos mendigar porque a pessoa que está disposta a quebrar as barreiras quer nos dar mais amor do quê nos achamos capazes de receber, que o amor em nossas vidas venha ser conquistado e não mendigado, que as barreiras venham quebrar com facilidade e não serem levantadas cada vez mais alto, que possamos amar e receber o dobro de amor. 




#TAG: Todos leram menos Eu


Hello, hoje eu trago mais uma TAG para vocês, essa é Livros que todos já leram menos Eu, isso não quer dizer que eu não irei ler esses livros nunca tá? É só para vocês conhecerem mais um pouco sobre mim. 

A Série Divergente - Veronica Roth 


Numa Chicago futurista, a sociedade se divide em cinco facções – Abnegação, Amizade, Audácia, Franqueza e Erudição – e não pertencer a nenhuma facção é como ser invisível. Beatrice cresceu na Abnegação, mas o teste de aptidão por que passam todos os jovens aos 16 anos, numa grande cerimônia de iniciação que determina a que grupo querem se unir para passar o resto de suas vidas, revela que ela é, na verdade, uma divergente, não respondendo às simulações conforme o previsto. A jovem deve então decidir entre ficar com sua família ou ser quem ela realmente é. E acaba fazendo uma escolha que surpreende a todos, inclusive a ela mesma, e que terá desdobramentos sobre sua vida, seu coração e até mesmo sobre a sociedade supostamente ideal em que vive.

A Saga Harry Potter - J.K. Rowling 


Conheça Harry, filho de Tiago e Lílian Potter, feiticeiros que foram assassinados por um poderosíssimo bruxo, quando ele ainda era um bebê. Com isso, o menino acaba sendo levado para a casa dos tios que nada tinham a ver com o sobrenatural pelo contrário. Até os 10 anos, Harry foi uma espécie de gata borralheira: maltratado pelos tios, herdava roupas velhas do primo gorducho, tinha óculos remendados e era tratado como um estorvo. No dia de seu aniversário de 11 anos, entretanto, ele parece deslizar por um buraco sem fundo, como o de Alice no país das maravilhas, que o conduz a um mundo mágico. Descobre sua verdadeira história e seu destino: ser um aprendiz de feiticeiro até o dia em que terá que enfrentar a pior força do mal, o homem que assassinou seus pais, o terrível Lorde das Trevas. O menino de olhos verdes, magricela e desengonçado, tão habituado à rejeição, descobre, também, que é um herói no universo dos magos. Potter fica sabendo que é a única pessoa a ter sobrevivido a um ataque do tal bruxo do mal e essa é a causa da marca em forma de raio que ele carrega na testa. Ele não é um garoto qualquer, ele sequer é um feiticeiro qualquer; ele é Harry Potter, símbolo de poder, resistência e um líder natural entre os sobrenaturais. 

Cidades de Papel - John Green 


Quentin Jacobsen tem uma paixão platônica pela magnífica vizinha e colega de escola Margo Roth Spiegelman. Até que em um cinco de maio que poderia ter sido outro dia qualquer, ela invade sua vida pela janela de seu quarto, com a cara pintada e vestida de ninja, convocando-o a fazer parte de um engenhoso plano de vingança. E ele, é claro, aceita. 
Assim que a noite de aventuras acaba e um novo dia se inicia, Q vai para a escola e então descobre que o paradeiro da sempre enigmática Margo é agora um mistério. No entanto, ele logo encontra pistas e começa a segui-las. Impelido em direção a um caminho tortuoso, quanto mais Q se aproxima de Margo, mais se distancia da imagem da garota que ele achava que conhecia.


O Orfanato da Srta. Peregrine Para Crianças Peculiares - Rasom Riggs 



Milhões de cópias vendidas em todo o mundo! Traduzido para mais de 40 idiomas! Eleito uma das 100 obras mais importantes da literatura jovem de todos os tempos Tudo está à espera para ser descoberto em "O orfanato da Srta. Peregrine para Crianças Peculiares", um romance que tenta misturar ficção e fotografia. A história começa com uma tragédia familiar que lança Jacob, um rapaz de 16 anos, em uma jornada até uma ilha remota na costa do País de Gales, onde descobre as ruínas do Orfanato da Srta. Peregrine para Crianças Peculiares. Enquanto Jacob explora os quartos e corredores abandonados, fica claro que as crianças do orfanato são muito mais do que simplesmente peculiares. Elas podem ter sido perigosas e confinadas na ilha deserta por um bom motivo. E, de algum modo - por mais impossível que possa parecer - ainda podem estar vivas. “Mesmo sem as fotos, esta seria uma história emocionante, mas as imagens dão um irresistível toque de mistério. A narração em primeira pessoa é autêntica, engraçada e comovente. Estou ansioso para o próximo volume da série!” RICK RIORDAN, autor da série Percy Jackson e Os Olimpianos. “Um romance tenso, comovente e maravilhosamente estranho. As fotos e o texto funcionam brilhantemente juntos para criar uma história inesquecível.” JOHN GREEN, autor de A culpa é das estrelas. “Vocês têm certeza de que não fui eu quem escreveu esse livro? Parece algo que eu teria feito...” TIM BURTON


Se Eu Ficar - Gayle Forman 


A última coisa de que Mia se lembra é a música. Depois do acidente, ela ainda consegue ouvir a música. Ela vê o seu corpo sendo tirado dos destroços do carro de seus pais mas não sente nada. Tudo o que ela pode fazer é assistir ao esforço dos médicos para salvar sua vida, enquanto seus amigos e parentes aguardam na sala de espera... E o seu amor luta para ficar perto dela. Pelas próximas 24 horas, Mia precisa compreender o que aconteceu antes do acidente e também o que aconteceu depois. Ela sabe que precisa fazer a escolha mais difícil de todas.



Sorteio do Amor!


Hello, como eu disse essa semana foi aniversário do blog (10/01) e quem irá ganhar o presente serão vocês, teremos o primeiro sorteio e com uma parceria com o blog Quer uma ideia? iremos sortear 4 romances. E eles são:

Como Eu era Antes de você - Jojo Moyes 


Aos 26 anos, Louisa Clark não tem muitas ambições. Ela mora com os pais, a irmã mãe solteira, o sobrinho pequeno e um avô que precisa de cuidados constantes desde que sofreu um derrame. Sua vidinha ainda inclui o trabalho como garçonete num café de sua pequena cidade - um emprego que não paga muito, mas ajuda com as despesas - e o namoro com Patrick, um triatleta que não parece muito interessado nela. Não que ela se importe.

Quando o café fecha as portas, Lou é obrigada a procurar outro emprego. Sem muitas qualificações, consegue trabalho como cuidadora de um tetraplégico. Will Traynor tem 35 anos, é inteligente, rico e mal-humorado. Preso a uma cadeira de rodas depois de ter sido atropelado por uma moto, o antes ativo e esportivo Will agora desconta toda a sua amargura em quem estiver por perto. Sua vida parece sem sentido e dolorosa demais para ser levada adiante. Obstinado, ele planeja com cuidado uma forma de acabar com esse sofrimento. Só não esperava que Lou aparecesse e se empenhasse tanto para convencê-lo do contrário.
Uma comovente história sobre amor e família, Como eu era antes de você mostra, acima de tudo, a coragem e o esforço necessários para retomar a vida quando tudo parece acabado.


Depois de Você - Jojo Moyes 


Quando uma história termina, outra tem que começar.Com mais de 5 milhões de exemplares vendidos em todo o mundo, Como eu era antes de você conta a história do relacionamento entre Will Traynor e Louisa Clark, cujo fim trágico deixou de coração apertado os milhares de fãs da autora Jojo Moyes.
Em Depois de você, Lou ainda não superou a perda de Will. Morando em um flat em Londres, ela trabalha como garçonete em um pub no aeroporto. Certo dia, após beber muito, Lou cai do terraço. O terrível acidente a obriga voltar para a casa de sua família, mas também a permite conhecer Sam Fielding, um paramédico cujo trabalho é lidar com a vida e a morte, a única pessoa que parece capaz de compreendê-la.
Ao se recuperar, Lou sabe que precisa dar uma guinada na própria história e acaba entrando para um grupo de terapia de luto. Os membros compartilham sabedoria, risadas, frustrações e biscoitos horrorosos, além de a incentivarem a investir em Sam. Tudo parece começar a se encaixar, quando alguém do passado de Will surge e atrapalha os planos de Lou, levando-a a um futuro totalmente diferente.

Maluca Por Você - Rachel Gibson 


Um charmoso policial acaba de chegar à cidadezinha de Lovett, no Texas. Seu nome é Tucker Matthews. Tudo o que ele quer é um pouco de sossego e um lar pra chamar de seu. Seu e de Pinky, sua gatinha de estimação, deixada com ele por uma ex-namorada louca. Mas parece que Tucker tem sorte (ou azar) para mulheres doidas. Sua nova vizinha é ninguém menos que Lily Brooks, ou, a Maluca Lily Darlington, famosa na cidade pelos excessos do passado, como quando entrou com o carro dentro do escritório do ex-marido cretino. Fofocas à parte, Tucker não imaginou que no lugar da suposta barraqueira fosse conhecer uma baita mulher em seus trinta e oito anos, linda, inteligente, sexy e engraçada, que irá virar sua cabeça do avesso. 
Maluca por você é um romance apimentando e divertidíssimo! Você não vai conseguir parar de ler!

Bem Mais Perto - Susane Colasanti 


Quando Brooke descobre que o amor de sua vida, Scott Abrams, está se mudando do subúrbio de New Jersey para Nova York, ela decide segui-lo até lá. Viver com o pai ausente e se adaptar a uma escola totalmente nova são desafiantes para ela — e as coisas ficam ainda piores quando ela descobre que Scott já tem uma namorada. Mas como ela aprende a sobreviver na cidade grande, começa a descobrir todo um novo lado de si mesma e percebe que, às vezes, o amor pode te encontrar mesmo quando você não está olhando para ele.

As regras do sorteio são as seguintes: 

1- Compartilhar a foto oficial em modo público
2- Marcar dois amigos na foto
3- Curtir as páginas do blog Quer uma ideia : https://www.facebook.com/Queroumaideiablog e do blog Palavras Perdidas: https://www.facebook.com/lostrwords
4- E por último seguir os blogs :http://querumaideiablog.blogspot.com.br/ e http://lostrwords.blogspot.com.br/
Pronto! Você já está participando! Boa sorte!

Informações: Promoção válida somente em território nacional. Cada blog é responsável pelo envio do livro cedido. Nós não nos responsabilizamos por extravios do correio. Cada blog tem o prazo de 30 dias para o envio do prêmio após a divulgação do mesmo.

Para participar é só clicar AQUI

Participe e Boa Sorte! 


Expectativas para o Blog 2017


As minhas expectativas para esse ano em relação ao blog são as melhores possíveis, quero alcançar pessoas com os meus textos, porque eu criei ele para ajudar o quanto de pessoas que eu puder, para fazer tudo aquilo que eu não faço normalmente. 
Quero que venhamos crescer juntos, que venhamos nos ajudar, quero que os meus leitores venham me ver como amiga deles, que possamos romper a barreira que existe entre leitor e blogueira, que quando eles acessarem o meu blog possam deixar pedido de conselhos, ajuda porque é para isso que eu criei o blog para ajudar. 
Que nesse ano possamos compartilhar nossas conquistas com pessoas que amamos, por isso, estou aqui porque amo tudo isso e quero compartilhar com vocês cada momento, cada conquista, cada tropeço. 
Compartilhem comigo as experiências de vocês e eu irei fazer a mesma coisa, possamos ser amigos, quando algo esse ano nos entristecer podemos pensar que amanhã é outro dia e que será muito melhor que esse, que 2017 não venha ser só mais um ano onde traçamos metas e não cumprimos nem um terço que esse ano venha ser diferente e que possamos fazer a diferença. 

#DesafioES Janeiro 2017






Hello, hoje eu trago mais uma vez o Desafio ES (Espalhando Sabedoria) da Naty  o desafio de hoje é relembrar momentos marcantes, e um pouco (vergonhosos), mas quem nunca teve momentos vergonhosos que atire a primeira pedra. 

Então vou mostrar alguns momentos especiais para mim: 



" Já terminou esse negócio ai? Quero o bolo...agiliza"


"Estou cansando de ficar na minha posição de modelo"


"Não liga não, ela é louca, mas é gente boa"


"Aquele momento que o almoço de domingo fica pronto"


"Moço, pelo amor de Deus, já acabou? Eu nem de tirar foto gosto"


"Primeira Selfie #beijosprazamiga"


" Tentando disfarçar o medo de palhaço #Fail"


"Já que você sujou a minha cara, vou sujar a sua"


" Amiga, Duda a educação tá precária mesmo" 


"Tira essa foto logo criatura, tá complicado ficar nessa posição"

E agora é hora de responder a Tag:


 Como e quando você descobriu que gostava de escrever/gravar?
 Minha paixão por ler começou quando eu escrevia na escola em um caderno e todas as minhas amigas liam e diziam que meus textos era incríveis e eu comecei a perceber que escrever me acalmava. Me dava a sensação de liberdade.
❤ Com quantos anos você descobriu sua resposta da pergunta anterior?
Com 11 anos eu descobri que tinha um jeito para a escrita e resolvi que deveria investir naquilo que me faz feliz. 
 Quem apoiou sua decisão de criar um canal ou um blog (na resposta especifique se é canal ou blog, apenas um deles) e quem criticou e disse que não daria certo?
 Todos me apoiaram nessa decisão, a minha mãe, meus amigos e eu sou grata a eles por terem insistido tanto e hoje eu tenho o meu lugar de paz, já ouvi muito que eu não conseguiria por pessoas da minha família e hoje eu sou quem sou por conta deles.  
 De que forma o seu blog ou canal mudou sua vida desde quando você descobriu que é sua paixão fazer isso?
 Mudou minha vida porque tudo o que eu leio, eu já penso "Meu Deus, meus leitores merecem saber disso" eu vivo para esse blog, aqui como eu disse na resposta anterior é o meu lugar de paz. 
❤ Qual foi sua primeira parceria? Pode ser lojas, outros blogs, outros canais, amigos ou parentes. Se caso ainda não tem nenhuma, responda qual foi seu primeiro comentário e sua reação na hora de recebe-lo.
 Foi a pessoa maravilhosa que criou esse desafio, sim a minha primeira parceria foi a Naty, e desde então temos essa amizade incrível.
❤ Pra você, o que importa mais: ter o mais vídeos/postagens possíveis para ter mais inscritos/seguidores ou ter poucos vídeos ou postagens MAS COM CONTEÚDO E CULTURA, ALGO QUE AUMENTE O CONHECIMENTO DE QUEM VÊ/LÊ?
 Eu prefiro que o meu blog tenha conteúdo, cultura, que ajude ás pessoas em qualquer fase que elas estejam passando, eu criei esse blog para espalhar o amor. 
 Agora é sua vez de brilhar. 

-10 livros que você ama: Bem difícil, eu amo, Talvez Um Dia, Não se Apega, Não, O Jogo do Anjo, O Garoto dos Olhos Azuis, Sonhos, Desaparecida, Poseidon, Confissões de uma garota excluída, mal - amada e (um pouco) dramática, Para Todos os Garotos que já Amei e Percy Jackson. 

-10 filmes E séries (cite 5 filmes e 5 séries) que você ama (já viu, ainda quer ver ou está vendo): 
Filmes: As Branquelas, Bela e A Fera, Transformers, Velozes e Furiosos, Cinderela.
Séries: F.R.I.E.N.D.S, Pretty Little Liars, Teen Wolf, New Girl e Supernatual.

-10 lugares no mundo (pode ser país, floresta, uma rua, um parque, o que você quiser) que você ama (já foi, ainda quer ir, está nele agora ou está indo agora):
Eu tenho um amor incondicional por Paris, New York, Dubai, Las Vegas, Canadá, Austrália, Nova Zelândia, Meu Brasil , Londres, Roma.
-10 famosos (pode ser ator, cantor, esportista, jogador, tudo no mundo da mídia e fama) que você ama (já conheceu, ainda quer conhecer, está indo conhecer): Justin Bieber, Gabriela Rocha, Fernandinho, Selena Gomez, Johny Depp, Lebron James, Kevin Duran, Stephen Curry, Larry Taylor, Lilly Colins.

-10 jogos que você ama (já jogou, ainda quer jogar, está jogando atualmente, ou apenas recomenda):
GTA, Mario, Just Dance, Mortal Kombat, The Sims, UFC, NBA, Michael Jackson: The Experience, Assassins Creed. 

-10 motivos para você querer viver cada dia mais feliz:
Deus, a minha família, os meus amigos , ler, escrever, meus leitores , o meu blog, saber que a todo momento podemos recomeçar, força de vontade e sempre acreditar. 

-10 coisas  que você ama e NÃO VIVERIA SEM:
Deus, música, sem poder ler, escrever, amor, família, comida, redes sociais, alegria, amigos. 







Preconceito Literário


Hello, mais um post da semana de aniversário do blog e hoje eu vou trazer um assunto polêmico entre os leitores: Preconceito Literário, irei mostrar á vocês que sim existe isso em nosso meio. 

O que é?

"O preconceito é um fenômeno social que existe desde os primórdios da humanidade, das mais distintas formas. Sempre julgamos o outro e tendemos a torcer o nariz quando ele não está de acordo com os nossos padrões. O errado é sempre o outro, porque a nossa referência são nossos próprios valores. Assim, existem os preconceitos racial, social, de gênero, linguístico e, por que não, literário." Segundo o blog Homoliteratus essa é a definição de Preconceito Literário. Preconceito é aquele pré julgamento de coisas que não entendemos.

 Por que acontece isso?

Esse preconceito acontece porque não compreendemos que cada um tem seu gosto, ás vezes, algumas pessoas não leem para ter conhecimento e sim por pura diversão, para distrair. Não entendemos que nem todos tem os mesmos gostos que nós, aquele livro que achamos bom pode não ser bom para o outro, o que nos resta é respeitar as decisões e isso vale para qualquer tipo de preconceito não somente o literário. 

Como isso nos afeta?

Ás vezes achamos que temos o direito de dizer o que uma pessoa deve ler ou não, queremos impôr a nossa opinião, não é bem assim, não vamos ser tão ignorantes a esse ponto, todos nós sofremos ou sofrem por conta do preconceito literário, somos taxados pelo tipo de livros que lemos, pelo gênero, pelo autor, se eu leio livro de autoajuda é porque sou depressiva, se leio romance é porque sou carente, NÃO! eu leio o que eu quiser porque eu AMO ler. É isso e pronto, não deixe que te taxem pelo o que você lê.


O que podemos fazer para mudar isso? 

Devemos entender todos os pontos de vistas, eu não gosto de certo livro, mas a outra pessoa gosta, então, devo respeitar e guardar a minha opinião para quem partilha da mesma, não temos o direito de julgar o gosto de ninguém, nem se tal livro é digno de ser lido, porque livro apesar de tudo, continua sendo livro e se uma pessoa começa a ler um livro que não achamos digno devemos encoraja-lá a ler mais e mais. Não importa qual tipo de leitura é, o importante é que seja um leitor. 

Minha Opinião 

Eu não sou obrigada a ler aquilo que querem que eu leia, cada um sabe o seu gosto, se você não gosta, pelo menos respeite, você não é obrigada a gostar de tudo aquilo que querem, eu não gosto de muitos livros que tem pessoas que amam e mesmo assim eu respeito, sempre somos taxados por algo. 

Por favor não deixe que te digam o que ler, você é quem decide e preconceito literário não é algo para quê ninguém pratique, se você gosta desse tipo de livro pode ler, se não gosta, tudo bem, existem livros demais por ai para você decidir o que o outro deve ler. Leia o que você goste e pronto. 

Quais são os livros que mais sofrem esse preconceito?

Todos, porque se eu leio algo mais meloso, sou carente, se leio um com fantasia, vivo no mundo da lua, se leio best-seller é porque não sou leitora, tudo isso passa pela cabeça de pessoas que não entendem o que o outro está procurando na leitura. Deixa que ás pessoas venham ler sem serem taxadas de algo. O tipo de livro que ás pessoas leem não devem incomodar a ninguém. Se leio algum livro nacional, é porque não tenho cérebro, daqui a pouco não posso ler mais nenhum livro por causa de alguns. 


O seu preconceito é feio, não o tipo de livro que eu leio! 




#Tag: Livros que me Inspiram a Ser Melhor




Hello, hoje eu trago a vocês os cincos livros que me inspiram sempre a melhorar, essa semana é aniversário do blog então terá postagens a semana inteira, então sem mais delongas vamos aos livros. 

 Extraordinário - R. J. Palácio 


August Pullman, o Auggie, nasceu com uma síndrome cuja sequela é uma severa deformidade facial, que lhe impôs diversas cirurgias e complicações médicas. Por isso ele nunca frequentou uma escola de verdade.. até agora. Todo mundo sabe que é difícil ser um aluno novo, mais ainda quando se tem um rosto tão diferente. Prestes a começar o quinto ano em um colégio particular em Nova York, Auggie tem uma missão nada fácil pela frente: convencer os colegas de que, apenas da aparência incomum, ele é um menino igual a todos os outros.R.J.Palacio criou uma história edificante, repleta de amor e esperança, em que um grupo de pessoas luta para espalhar compaixão, aceitação e gentileza. Narrado da perspectiva de Auggie e também de seus familiares e amigos, com momentos comoventes e outros descontraídos, Extraordinário consegue captar o impacto que um menino pode causar na vida e no comportamento de todos, família, amigos e comunidade um impacto forte, comovente e , sem dúvida nenhuma, extraordinariamente positivo, que vai tocar todo tipo de leitor.Para espalhar a mensagem de Extraordinário, Palacio iniciou uma campanha antibullying no site www.choosekind.tumblr.com, da qual milhares de crianças já participaram.


Esse livro me ensinou que qualquer um pode enfrentar as barreiras que é imposto a todos nós. Auggie me ensinou que quando nascemos já vencemos o mundo. 


 Não Se Apega, Não - Isabela Freitas 


Desapegar: remover da sua vida tudo que torne o seu coração mais pesado. Loucos são os que mantêm relacionamentos ruins por medo da solidão. Qual é o problema de ficar sozinha? Que me desculpe o criador da frase “você deve encontrar a metade da sua laranja”. Calma lá, amigo. Eu nem gosto de laranja. O amor vem pros distraídos.Tudo começa com um ponto-final: a decisão de terminar um namoro de dois anos com Gustavo, o namorado dos sonhos de toda garota. As amigas acharam que Isabela tinha enlouquecido, porque, afinal de contas, eles formavam um casal PER-FEI-TO! Mas por trás das aparências existia uma menina infeliz, disposta a assumir as consequências pela decisão de ficar sozinha. Estava na hora de resgatar o amor-próprio, a autoconfiança e entrar em contato com seus próprios desejos.Parece fácil, mas atrapalhada do jeito que é, Isabela precisa primeiro lidar com o assédio de um primo gostosão, das tentações da balada e, principalmente, entender que o príncipe encantado é artigo em falta no mercado.Isabela Freitas, em seu primeiro livro, narra os percalços vividos por sua personagem para encarar a vida e não se apegar ao que não presta, ainda assim, preservando seu lado romântico.


Nesse livro, Isabela ajuda á todos aqueles que se prendem a relacionamentos sufocantes por medo da solidão. 

  O Que Há de Estranho em Mim - Gayle Forman 


Ao internar a filha numa clínica, o pai de Brit acredita que está ajudando a menina, mas a verdade é que o lugar só lhe faz mal. Aos 16 anos, ela se vê diante de um duvidoso método de terapia, que inclui xingar as outras jovens e dedurar as infrações alheias para ganhar a liberdade. Sem saber em quem confiar e determinada a não cooperar com os conselheiros, Brit se isola. Mas não fica sozinha por muito tempo. Logo outras garotas se unem a ela na resistência àquele modo de vida hostil. V, Bebe, Martha e Cassie se tornam seu oásis em meio ao deserto de opressão. Juntas, as cinco amigas vão em busca de uma forma de desafiar o sistema, mostrar ao mundo que não têm nada de desajustadas e dar fim ao suplício de viver numa instituição que as enlouquece.

- Resenha

Esse livro me ensinou que não importa qual o seu grau de dificuldade a amizade tem sempre que prevalecer.


  Confissões de Uma Garota Excluída, Mal  - Amada e (Um Pouco) Dramática - Thalita Rebouças 


Tetê acaba de se mudar com a família toda para Copacabana, no Rio de Janeiro, para a casa dos avós. O lindo e espaçoso apartamento da Barra da Tijuca em que morava teve que ser vendido, pois com a crise o pai foi demitido, e o resultado é que a vida dela virou de cabeça para baixo. Além de perder a privacidade, tendo que dividir o espaço com cinco parentes malucos que brigam o tempo todo, ela perdeu todas as suas referências. A única coisa que a deixa feliz é cozinhar. E, claro, comer as delícias que faz.O lado bom foi se livrar do antigo colégio, no qual sofria bullying por causa de seu jeito peculiar. Sem contar sua desilusão amorosa... O problema é que ela está apavorada, porque agora tudo será novo e estranho, com o ensino médio, com a nova escola, e sem conhecer ninguém. E morre de medo de ser excluída ou de sofrer bullying novamente. Ela está bem mal, para dizer a verdade. Ou talvez seja um pouco de drama, porque já no primeiro dia as coisas parecem ser um pouco diferentes... Pelo jeito, tudo vai mudar, e para melhor.


Esse livro me ensinou que tudo pode melhorar não importa onde estamos sempre há uma luz no fim do túnel. 

 Talvez Um Dia - Colleen Hoover 


Sydney acabou de completar 22 anos e já fez algo inédito em sua vida: socou a cara da ex- melhor amiga. Até hoje, ela não podia reclamar da vida. Um namorado atencioso, uma melhor amiga com quem dividia o apartamento... Tudo bem, até Sydney descobrir que as duas pessoas em quem mais confiava se pegavam quando ela não estava por perto. Até que foi um soco merecido. Sydney encontra abrigo na casa de Ridge. Um músico cujo talento ela vinha admirando há um tempo. Juntos, os dois descobrem um entrosamento fora do comum para compor e uma atração que só cresce com o tempo. O problema é que Ridge tem uma namorada, e a última coisa que Sydney precisa agora é se transformar numa traidora.


Acima de qualquer coisa nós temos que perdoar não importa o quão mal a pessoa nos fez. 







Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...