Páginas

Porque eles não são para sempre?


O amigo é aquele que possui uma grande afeição por uma ou mais pessoas, que é leal, que protege e faz o possível para ajudar sempre. E quando eles param de fazer esse trabalho? Ou quando nos deixam na mão quando mais precisamos deles? Amigos são para todos os momentos sejam eles bons ou ruins. 
Alguns amigos a gente sempre perde no meio do caminho, mas é preciso que alguns se vão para quê outros cheguem e cuidem melhor da nossa amizade do que aqueles que estavam antes e nada faziam. 
Os nossos compromissos são com aqueles que permanecem, aqueles que se foram deixem eles lá porque eles já cumpriram sua missão em nossas vidas, já nos fizeram sorrir, já nos ajudaram quando estávamos tristes e nós sempre seremos grato a tudo isso. Nada é para sempre nem mesmo as amizades. 
Não é culpa deles por terem se afastado, ás vezes é preciso para que você encontre a pessoa que estará ali por você. Não se esqueça que é especial e que as pessoas precisam ver isso em você. Amigos são pessoas que a gente faz de tudo para ver bem e feliz.
Temos que compartilhar o que sentimos com pessoas que nos entenda e que nada disso venha causar a discórdia, os verdadeiros amigos sempre fica mesmo estando longe, mesmo passando anos, eles nunca se esquecem das lembranças que tiveram.
Não se arrependa, não pense que fez algo errado porque aquela pessoa se afastou você tem que ser aceita do jeito que é e se alguém não vê o quão especial você é, ela com certeza não te merece. Lembre se você é especial e não deixe que ninguém te diga ao contrário.




Contos de Fadas


Desde crianças somos influenciados a acreditar em princesas, príncipes e finais felizes, mas infelizmente eles não existem na vida fora da ficção, à famosa realidade, nos livros e filmes tudo acontece muito rápido né? A princesa encontra o príncipe e eles trocam o famoso olhar e depois já estão apaixonados só que o vilão sempre quer estragar, mas no final eles sempre acabam juntos.
"Felizes para sempre" isso ai nem existe, gente, porque nada é para sempre, nem a dor, nem a alegria tudo uma hora terminar, mas nos contos de fadas não, eles são felizes, mas quando algo acaba com a felicidade deles sempre arrumam um jeito de fazer a felicidade voltar, quando pequenos pensamos que a nossa vida será assim, quem nunca sonhou com aquele príncipe montado no cavalo branco? Ou de morar em um castelo? 
Tudo isso ao longo do tempo vai se modificando, a gente se apaixona, mas não pelo príncipe de cavalo branco, pode ser pelo vilão ou até mesmo algum personagem secundário. Ás vezes a gente não encontra uma forma rápida para encontrar a felicidade, mas ela chega, ela sempre chega. Também realizamos nossos sonhos e aquele de ser uma princesa ainda fica marcado em nós. 
Finais felizes existem sim, nós é que precisamos moldar eles, porque quem faz as escolhas somos nós, claro que não gostaria de ter uma madrasta igual a da Cinderela, mas um sapatinho de cristal, talvez. Sonhos são sonhos não importa se são sonhos grandes ou pequenos continua sendo sonho. 
Uma coisa que aprendi com contos de fadas é que sonhar é sempre bom, isso faz com que nossa imaginação floresça, a gente pode ver cada personagem das histórias em nossas vidas, as fadas madrinhas aquelas que sempre te ajudam quando você precisa, os 7 anões que mesmo na dificuldade estão ali com você, os vilões que sempre aparecem para estragar os momentos. Nós precisamos inventar nossos contos de fadas. 
Todos nós somos príncipes e princesas, cada um com o seu modo de felizes para sempre, cada um em sua história de vida, nada pode nos impedir de conquistar aquilo que queremos, por que igual aos contos de fadas, nós somos imbatíveis. Seja feliz em todas as suas escolhas e não se arrependa das escolhas erradas por que elas nos fazem crescer. 







Resenha #31: O Lado Feio do Amor

“Algumas vezes o espírito de um homem apenas não é forte o suficiente para suportar os fantasmas do seu passado.”











Autor(a): Colleen Hoover
Editora: Galera Record
Páginas: 336
Publicação: 2015

Quando Tate Collins se muda para o apartamento de seu irmão, Corbin, a fim de se dedicar ao mestrado em enfermagem, não imaginava conhecer o lado feio do amor. Um relacionamento onde companheirismo e cumplicidade não são prioridades. E o sexo parece ser o único objetivo. Mas Miles Archer, piloto de avião, vizinho e melhor amigo de Corbin, sabe ser persuasivo... apesar da armadura emocional que usa para esconder um passado de dor.O que Miles e Tate sentem não é amor à primeira vista, mas uma atração incontrolável. Em pouco tempo não conseguem mais resistir e se entregam ao desejo. O rapaz impõe duas regras: sem perguntas sobre o passado e sem esperanças para o futuro. Será um relacionamento casual. Eles têm a sintonia perfeita. Tate prometeu não se apaixonar. Mas vai descobrir que nenhuma regra é capaz de controlar o amor e o desejo.


Todos nós temos um passado, Tate é enfermeira e acabou de se mudar para o apartamento do irmão mais velho, quando está na porta do apartamento de seu irmão ela vê um homem jogado na frente da porta onde ela deve entrar ela só não sabia que a partir daquele momento aquele homem mudaria a sua vida.
Miles é o cara que sofreu na vida e resolveu se fechar para o amor, com medo de machucar novamente alguém, ele e Tate fazem um trato, eles irão se envolver só que com duas regras, nada de perguntar sobre o passado dele e nada de esperar sobre um futuro entre os dois.
Miles é intenso ele não quer deixar que alguém entre em seu coração novamente, ele tem um passado e ele não quer que isso venha á tona, Tate sempre tem esperanças que um dia toda aquela barreira irá se quebrar e ele a deixará entrar, isso não acontece. 
O relacionamento deles começa a progredir ele vai dando um pedacinho dele, e ela infelizmente se contenta com isso, até que chega um momento que nada mais pode fazer eles ficarem juntos, será o passado dele ou a insegurança dela?
As barreiras começam a cair e todo o passado começa a ser revelado, você seria capaz de deixar o seu passado ficar onde ele deve ficar? ou deixaria ele atrapalhar o seu futuro? Miles faz a sua escolha e isso faz com quê ele volte onde tudo começou.
Um livro onde passado e presente se encontram, Colleen sabe como entreter os leitores, todos nós temos um lado feio do amor, mas Miles deixa que esse lado prevaleça em sua vida, segredos são desvendados, muito amor é encontrado, só se você quebrar a suas barreiras. 


Resenha #30: Além da Amizade

" Esqueceram,porém, de nos avisar que o tombo é sempre alto quando a expectativa é muito grande."
















                                                                    Autor(a): Clara Alves
                                                  Publicação Independente  
                                                  Publicação: 2015
                                                  Páginas: 522

                                         Após a traição do namorado, Anna Schwartz se vê entrando em uma nova (e não tão boa) fase da sua vida. Não bastasse a chegada na escola de um aluno novo, Gustavo, e seu interesse pelo garoto, Anna também precisa lidar com os sentimentos recém-descobertos pelo melhor amigo e com as constantes brigas de seus pais.
Diante de vários conflitos e importantes decisões, que poderão ser a passagem de volta para sua felicidade, Anna descobre da pior maneira que as escolhas certas raramente são as mais fáceis de serem feitas.


Anna é traída, e começa a perceber que não amava tanto assim o ex-namorado, ela tem um melhor amigo chamado Natan que está lá para tudo o que ela precisa, ele é irmão de seu ex namorado, os dois começam a ter sentimentos um pelo outro.
Anna também conhece Gustavo e acaba gostando dele também o que a deixa confusa, ela não decide com quem quer ficar, a personagem é confusa, a cada hora ela dá a entender que quer um até que finalmente ela decide começar a namorar Gustavo e fazendo com que ela e Natan se afastem, mas quando Natan começa a namorar sua prima, Nina se sente traída, isso me deixou com raiva dela, porque ela desistiu dele e a prima gostou dele. 
Eu pensei em seriamente em abandonar o livro, tudo me deixou com raiva, ela escolheu um e viu que a escolha estava errada até ai tudo bem, quem nunca fez uma escolha errada? só que ela foi lá e traiu o namorado e a prima com ele, tá bom uma segunda escolha errada, ela e o namorado brigaram, só que então, Gustavo a perdoa e pede um beijo a ela e ela concede, uma terceira escolha errada, CHEGA NÉ.
Anna deixa Natan escapar pela trigésima vez no livro e isso começou a ficar cansativo, porque é um vai não vai, uma hora você pensa, agora vai e não vai, não senti mais emoção alguma apenas terminei o livro por obrigação como leitora, mas olha Anna decida - se. 
E ela se decidiu, mas ficou faltando aquele final feliz com grandes emoções que temos, eu estava tão feliz em ler mais um livro brasileiro e agora eu estou com raiva, porque infelizmente ela me confundiu, uma hora os dois queriam só amizade, depois um algo a mais. 
O enredo em si é ótimo, mas os personagens, muitas brigas, deixaram a história cansativa, mas nada que não te faça terminar ele, mas possa ser que eu esteja errada em relação ao livro. O livro me ensinou quem a cima de qualquer coisa vem a amizade e que ela pode durar para sempre. 



Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...