Páginas

Todo tipo de amor


   Somos livres para fazer tantas coisas e por que não para escolher a pessoa que queremos amar ou até mesmo passar o resto de nossas vidas? Liberdade quer dizer o poder que temos para exercer as nossas vontades, então podemos sim escolher essa pessoa.
Toda forma de amor é bem - vinda, não importa qual a sua diferença ou até mesmo a sua igualdade com a pessoa amada o que importa mesmo é o amor, que no fim será uma das únicas coisas que irão restar para nós seres humanos que somos movidos a combustível de amor.
Seres movidos por amor são aqueles que sempre estarão dispostos a ajudar não importa se irá ganhar algo ou não, todos nós somos livres para amar, o que importa é como será a nossa forma de amor, muitos não demonstram os seus sentimentos, outros demonstram de forma exagerada e alguns de forma contida.
O amor próprio também é um tipo de amor e um dos mais importantes por que antes de você tentar amar alguém você tem que acima de qualquer coisa amar a você, ninguém consegue fazer alguém feliz se ele não for feliz sozinho, não podemos pegar o nosso amor e jogar para a outra pessoa e dizer a ela para nos fazer feliz sendo que não conseguimos achar a nossa felicidade sozinha.
Amor é o sentimento puro que chega do nada e se torna tudo, mas antes do tudo ame a si mesmo, antes de tentar jogar todos os seus defeitos e problemas para a pessoa que você ama. Não tente esconder aquilo que você realmente é para a pessoa achar que você é aquele pedacinho que está mostrando a ela. 
Todo amor é bem - vindo, porém que seja amor e que ele venha durar para sempre, não importa os erros que você cometeu antes o importante é o que você está tentando agora e que dê certo. Todo amor é considerado bonito. Ame a todos que você encontrar e verá que é o sentimento mais puro, seja movido de amor. 










Resenha #25: O Que Há de Estranho Em Mim

" É porque o sofrimento forma o caráter." 
Autor(a): Gayle Forman 
Editora: Arqueiro 
Páginas: 224
Publicações: 2016

Ao internar a filha numa clínica, o pai de Brit acredita que está ajudando a menina, mas a verdade é que o lugar só lhe faz mal. Aos 16 anos, ela se vê diante de um duvidoso método de terapia, que inclui xingar as outras jovens e dedurar as infrações alheias para ganhar a liberdade. 

Sem saber em quem confiar e determinada a não cooperar com os conselheiros, Brit se isola. Mas não fica sozinha por muito tempo. Logo outras garotas se unem a ela na resistência àquele modo de vida hostil. V, Bebe, Martha e Cassie se tornam seu oásis em meio ao deserto de opressão. 

Juntas, as cinco amigas vão em busca de uma forma de desafiar o sistema, mostrar ao mundo que não têm nada de desajustadas e dar fim ao suplício de viver numa instituição que as enlouquece.


Para Brit tocar em uma banda é a seu escape, por conta de tudo o que sua madrasta a faz passar, ela sente segurança em estar em cima de uma palco tocando para algumas pessoas, mas para sua madrasta isso é uma falta de respeito, uma garota chegar em casa quase de manhã e o pai não falar nada, seu pai toma uma medida drástica e a leva para um reformatório por que acha que a filha vai ficar louca e surtar igual a mãe.
Quando o pai a leva para o reformatório ela tenta entender o por que está sendo internada lá e ela não compreende o que passa na cabeça dele. Nos primeiros dias Brit não coopera com nada até que conhece a nível 6 V, que explica quais as normas do lugar. Lá elas são separadas por níveis, quando a menina entra lá ela está no nível 1 quando ela começa a fazer o que eles querem vai subindo de nível e ganhando algumas mordomias.
Brit conhece as outras garotas e juntas elas começam a modificar as normas do lugar e isso começa a incomodar as pessoas responsáveis pelo local, eles tentam separar o grupo. Elas ajudam Brit a sair do local para encontrar o vocalista da sua banda o qual ela é apaixonada, ela quase é pega, mas consegue.
Os dias passam e Brit vê o quão difícil é ficar nesse local e começa a formular um plano para sair e levar todas as meninas que ficam lá, Brit conhece um ex jornalista que fez grandes matérias e tenta o convencer a ajudá-las mas isso não dá certo da primeira vez.
Esse livro ensina que nem tudo o que dizem que você vai ser pode acontecer mesmo com você, basta dizer que não é isso que você quer para a sua vida, todos diziam a Brit que ela enlouqueceria como a sua mãe e que a banda onde ela toca não a levará para lugar algum, mas eles estão enganados por que nada disso acontece.
As meninas começam a ver que quem realmente tem problemas são os pais que as colocaram lá, porque eles não aceitam o que as filhas realmente são, isso infelizmente acontece no mundo real onde ninguém entende o que queremos e o que podemos fazer. Brit ensina a nós que nada pode nos fazer parar de seguir nossos sonhos.

   



Eu acredito em Segundas Chances


Quantas vezes já magoamos pessoas que não tinha nada a ver com o que se passava dentro de nós? Quantas vezes elas já foram atrás de nós por se importar e mesmo assim ás afastamos novamente, todas essas vezes ganhamos uma chance de não estragar tudo e mesmo assim estragamos tudo. Muita das vezes por orgulho, ou até mesmo medo, insegurança ou uma forma de proteção ás pessoas que amamos.  
Todos nós somos capazes de ter uma segunda chance sempre, não importa qual erro temos cometido e sim como vamos aproveitar a chances que nos dão, quando alguém te der uma segunda chance nunca a desperdice por que ela pode ser valiosa. Segundas chances é a forma como as pessoas depositam sua confiança em nós para que possamos aproveitar e não cometer o mesmo erro que antes. Elas são essenciais em nossas vidas por que elas formam o nosso caráter. 
Não desconte a sua frustração em pessoas que nem sabem o que está acontecendo dentro de você, mas se mesmo assim essa pessoa for atrás de você e ainda te quiser por perto não estrague isso, ela está te dando uma chance de você concertar o erro cometido. É difícil dar uma segunda chance a pessoas que te machucaram e que só te desprezaram, mas tente por que se isso der certo todos os erros serão deixados para trás e só irão ter os acertos. 
Vamos viver um dia por vez e apenas nos lembrar daquilo que nos faz bem e que todos os dias estão ai para que possamos acertar aquilo que um dia fizemos errado, vamos encaixar todas as peças do nosso quebra cabeça, vamos fazer tudo de cada vez, vamos entender antes de julgar, vamos nos unir. Escute antes de falar tudo o que vêm a sua cabeça por que você pode desperdiçar a sua chance.
Saber perdoar é essencial em nossas vidas, por que isso mostra que podemos colocar uma pedra em tudo aquilo que nos magoou e deixar aquilo onde ele deve ficar, não é fácil, mas temos que tentar por que é tentando que se aprende. 
Sempre irei acreditar no melhor das pessoas mesmo depois que elas pisam, estraçalham o meu coração, porque essa é a minha essência acreditar que tudo tem um jeito, acreditar que as pessoas não cometem erros por que querem, procuro sempre ver os dois lados antes de tomar a minha decisão. Saber o que aconteceu antes de querer tomar uma decisão é sempre mais sensato do quê tomar uma decisão precipitada e depois se arrepender daquilo que escolheu. Pensar antes de agir é um bom conselho para aqueles que se entregam, se lançam de cabeça em algo e depois vê que aquilo não valeu apena, repense em tudo o que você passou e pese as suas decisões. 

Resenha #24: Talvez Um Dia

" Ás vezes temos que ter realmente dias ruins, para manter os bons em perspectiva."
Autor(a): Colleen Hoover
Editora: Galera Record 
Páginas: 368
Publicação: 2016

Um dos livros mais comentados de 2015, nos Estados Unidos, este é mais um sucesso arrebatador de Colleen Hoover, autora das séries Slammed e Hopeless.

Sydney acabou de completar 22 anos e já fez algo inédito em sua vida: socou a cara da ex- melhor amiga. Até hoje, ela não podia reclamar da vida. Um namorado atencioso, uma melhor amiga com quem dividia o apartamento... Tudo bem, até Sydney descobrir que as duas pessoas em quem mais confiava se pegavam quando ela não estava por perto. Até que foi um soco merecido. Sydney encontra abrigo na casa de Ridge. Um músico cujo talento ela vinha admirando há um tempo. Juntos, os dois descobrem um entrosamento fora do comum para compor e uma atração que só cresce com o tempo. O problema é que Ridge tem uma namorada, e a última coisa que Sydney precisa agora é se transformar numa traidora.


Nesse livro conhecemos a história de Sydney a garota traída pelo ex - namorado e a melhor amiga, Hunter e Tori, mas graças a essa traição ela encontra Rigde o garoto que a ajuda a passar por essa traição. Sydney se encontra perdida no pátio do seu apartamento, completamente sozinha, sem saber para onde ir, toda molhada e sem sua bolsa.
Ela sempre quis ser independente e não ser um fardo para ninguém, principalmente quando ela saiu da casa dos pais para fazer a sua faculdade sem o apoio deles, mas quando ela se vê sem o seu namorado, sem a melhor amiga e sem apartamento ela não vê escolha a não ser ligar para os pais só que quando ela pensa nisso ela esquece que deixou sua bolsa em seu apartamento quando saiu correndo depois de socar a cara de sua amiga e socar também seu ex, Sydney também não tem dinheiro para pegar um táxi e muito menos para ficar em um hotel até conseguir arranjar um lugar para ficar. 
Sydney sempre gostou de músicas, em um certo dia ela vai para sua varanda e começa a escutar um som de um violão na varanda a sua frente e todas ás vezes no mesmo horário ela acompanhava o garoto tocando violão e ela percebe que são só melodias e que elas não possuem letras até que ela começa a colocar letras nas canções e as canta todos os dias o mesmo horário. 
Quando Rigde a vê no pátio do prédio toda molhada e sem ter para onde ir, depois de ele mesmo ter contado que ela é traída pelo seu namorado e sua melhor amiga em seu aniversário de 22 anos ele se sente culpado e a coloca para morar em seu apartamento. Eles começam a escrever letras juntos só que tem uma coisa que não era para acontecer.
Rigde é deficiente auditivo e isso para ele nunca foi um problema, mas para algumas pessoas que o conheceram sim, mas com Sydney isso nem mesmo a preocupa, ela se encanta pela forma que ele toca violão, ela não sabe mas ele tem uma namorada e isso é perturbador quando ela descobre por que ela começa a desenvolver sentimentos por ele. 
Os dois enfrentam problemas juntos, mas parece que nem mesmo isso os fazem ficar juntos por que Rigde é leal a sua namorada,Maggie e nunca deixará ela, ele fala isso a Sydney e a faz se mudar por que não aguenta controlar o desejo que sente por ela. Os dois sofrem como qualquer casal separado, até que algo surpreendente acontece.







Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...